Movimento Progressista Brasileiro

Editorial – República Odebrecht do Brasil

Texto de Paulo Viana e Victor Oliveira O momento mais temido de 2017 chegou. A lista dos inquéritos contra os delatados pela Odebrecht foi divulgada. Nela estão: cinco ex-presidentes da república (o atual só não é investigado pois o cargo lhe garante imunidade), nove ministros do atual governo, 42 deputados federais, 29 senadores, 12 governadores… Continuar lendo Editorial – República Odebrecht do Brasil

Movimento Progressista Brasileiro, Política

O que decidiu Moro e quais são os impactos da decisão que condenou Eduardo Cunha?

"Cunha, após a provável condenação em segunda instância, poderá sofrer os efeitos da pena como por exemplo a execução de seus bens e a perda de “benefícios” como o da prisão especial em razão do diploma em instituição de ensino superior, fazendo com que o ex-deputado permaneça preso na mesma penitenciária que qualquer outro cidadão, sem privilégios – na teoria-." Texto de Allan Santana

Constituição, Movimento Progressista Brasileiro, Política

E se ele cair? Uma análise do que pode ser o fim do governo Temer

Independente da neblina opaca que se espalha pelas ruas e praças de Brasília e nos impede de apontar o resultado desse processo, uma certeza é inabalável, incômoda e evidente como um elefante na sala de estar: chegamos ao fundo de um poço sem fundo, proeza que só é possível através das incríveis habilidades políticas dos nossos representantes. As três decisões possíveis aprofundam ainda mais nossa já conhecida reputação de república das bananas, uma vez que nossos três futuros alternativos são: o incrível mandato de três presidentes diferentes, a absolvição política de um presidente culpado ou a tragicômica condenação de Dilma e absolvição de Temer.

Constituição, Movimento Progressista Brasileiro, Política

O ensino da Constituição é fundamental para o exercício da democracia pelas futuras gerações

A conscientização social, econômica e política dos jovens cidadãos deve ser parte elementar das diretrizes basilares do ensino. Acompanhada de uma grade curricular mais ampla, contemporânea e de maior qualidade, são os mecanismos mais importantes e efetivos de inclusão social, de redução das desigualdades, da criminalidade, da consagração da ordem e do progresso, do respeito a coisa pública e do real e efetivo exercício da democracia em terrae brasilis.

Desigualdade, Movimento Progressista Brasileiro, Política

Terceirização: oportunidade perdida para corrigir injustiças

A nova polêmica discutida pela população brasileira é a aprovação do PL 4302/98, que regulamenta a terceirização no Brasil. Seu ponto mais polêmico é a possibilidade de terceirização das atividades-fim, permitindo que uma empresa terceirize toda sua mão de obra. Gostaria de discutir alguns desses pontos neste texto, e pretendo demonstrar que este é mais um assunto que não recebeu a devida atenção e profundidade no debate. Texto de Tomás Pereira Machado com colaboração de Allan Santana, arte de Jota Aracê

Movimento Progressista Brasileiro

A esquerda brasileira precisa de um discurso econômico convincente

Enquanto a esquerda preferir silenciar o debate e se fechar em bolhas de concordância, os liberais e conservadores irão continuar ganhando o debate público e trazendo os trabalhadores para o seu lado. Somente através de muito diálogo e proposição será possível conter esse avanço conservador em nosso país. Por isso, afirmo em alto e bom som que “A esquerda brasileira precisa de um discurso econômico convincente”, do contrário teremos que conviver longos anos sendo motivo de chacota e descrença.